Gfk frusta profissionais de TV com “segredo” na divulgação de números

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
Nada de comemorar audiência no ar e nem muito menos duvidar do outro medidor de audiência. O silêncio que ronda os números do Gfk, novo órgão que mede audiência no Brasil, estaria se tornando um “calvário” para os muitos profissionais que trabalham no meio.
Uma clausula contratual determina que durante os primeiros 15 dias de operação os números não sejam divulgados, sob pena de quebra de contrato. Passadas as duas semanas tanto SBT, quanto Record, quanto RedeTV!, únicas  que podem ter acesso aos índices, poderão fazer o que quiserem com os resultados.
Sabe-se que o SBT, como noticiado aqui pelo TV Foco, cresceu nos números na faixa da tarde. Porém, pelo menos nos primeiros dias, é proibido que aconteça situações como a que o Ratinho faz para comemorar a liderança, ou alguma chamada que indique isto, pois nem os próprios funcionários do órgão estão tendo acesso aos índices que estão deixando a muitos sob um clima de tensão.

Nenhum comentário