Kadu Moliterno explica ida para a Record: “Preciso pagar as contas”

O Troféu Sinceridade da semana vai para o ator Kadu Moliterno, que acaba de acertar a sua ida para Record, onde atuará na novela bíblica “A Terra Prometida”, em 2016. Ouvido pela repórter Ana Cora Lima, do UOL, ele explicou:
“A Record sempre foi uma opção para quem trabalha na televisão. Estava no mercado e como qualquer profissional, eu tenho que trabalhar para ganhar dinheiro. Preciso pagar as contas. Tenho a certeza que vou ser feliz na minha nova casa assim como fui na Globo.”
O Juba de “Armação Ilimitada” trabalhou na Globo pela primeira vez em 1972, na primeira versão de “Selva de Pedra''. Voltou à emissora em 1978, onde atuou em mais de 20 novelas e minisséries. A sua saída ocorre no momento em que a emissora está revisando a sua política de contratos de longo prazo com atores, preferindo acertos por obra. “Senti o baque, claro, porque foram 35 anos de um vínculo, renovado de quatro em quatro anos. Mas, tudo bem, os tempos estão difíceis para todo mundo'', disse o ator.
Paloma Bernardi, depois de alguns anos na Globo, foi igualmente contratada pela Record para ser uma vilã na mesma novela bíblica. Tal como Kadu Moliterno, ela expressou a sua satisfação com o convite dando uma declaração que permite dupla leitura: “É a primeira vez que me confiam uma protagonista. Li a sinopse e vi que a personagem é tão rica que não tive outra saída a não ser aceitar”.
Nívea Stelmann e Cristina Oliveira também foram contratadas para atuar nesta próxima novela da Record.

Nenhum comentário